Arquivo da categoria: RAFUCKO.JPG

FOTOGRAFIA | PHOTOGRAPH

VEJA Honesta

Se a VEJA fosse uma revista honesta, esta seria a capa dessa semana:

veja-honesta

 

(originais aqui: http://on.fb.me/1Eha0fL e http://glo.bo/1h8CFsu)

Anúncios

Prefeito do Rio se recusa a fazer exame anti-doping (VÍDEO)

(English subtitles on the video)

Neste sábado, fui a um evento de diálogo entre prefeito e população sobre as Olimpíadas, no Ponto Cine em Guadalupe. Convidei o prefeito Eduardo Paes para fazer um teste anti-doping, uma ação da campanha “Guerra Contra Hipocrisia”, que visa fazer testes anti-drogas em políticos, jornalistas e personalidades que são publicamente a favor da guerra que mata inocentes (e culpados) na cidade do Rio de Janeiro. O prefeito respondeu que por ser um dia depois de sexta feira, tinha medo deste teste e se dizendo a favor da legalização das “drogas mais leves” (sic), mas se recusou a doar o material para teste (alguns fios de cabelo) ao fim do evento. O convite segue de pé e, assim como o convite para entrevista no Talk Show do Rafucko, será feito outras vezes.

A ENTREVISTA

Depois da resposta do vídeo acima, o prefeito prometeu ainda me dar uma entrevista no Talk Show do Rafucko. A entrevista com o prefeito é a última que falta para completar a série de 10 entrevistas no projeto financiado através de crowdfunding. Estou em contato com os assessores dele e, caso a promessa não seja cumprida, a gente começa uma nova campanha. :) Há muitos questionamentos a serem feitos às vésperas das Olimpíadas, que não têm sido contemplados nas entrevistas para grandes veículos.

SOBRE A CAMPANHA “GUERRA CONTRA A HIPOCRISIA”

Nas favelas, vive-se um estado de exceção, com o perigo constante de tortura, morte e todo tipo de humilhação cometidos pela Polícia Militar e pelo Exército Brasileiro.

Os próximos convocados para estrelarem a campanha serão a jornalista Leilane Neubarth, e o ator Diogo Vilela.

hipocrisia

Assista também:

O Desabafo da Cocaína

Tirinha 003

tirinha-rafucko03

I Nova Parada LGBT do Rio – SEM MEIAS PALAVRAS

dilmaecio

No dia 12 de outubro, numa tarde de névoa em Copacabana, cerca de 300.000 pessoas marcharam por direitos, segundo a organização do evento. A Parada (que se movimenta!) exigiu que os dois candidatos à presidência da República se comprometam, SEM MEIAS PALAVRAS, com pautas como criminalização da homofobia, legalização do aborto e libertação dos mamilos femininos. Ao fim do post, o Manifesto do protesto. Confira vídeos e fotos do evento:

 

Leitura do Manifesto ao fim da manifestação

Álbum de fotos “Guerrilha de Crochê”
agulhadecroche

Álbum de fotos Coletivo Mariachi
agulhadecroche3

Álbum de fotos MIC – Mídia Independente Coletiva
agulhadecroche2

Álbum de fotos de Eurritmia
agulhadecroche5

Álbum de fotos do Pagu – Núcleo Feminista da FACHA
agulhadecroche4

ϟ MANIFESTO DA NOVA PARADA LGBT ϟ

Estamos certos de que que não é necessário ter DINHEIRO para exigir DIREITOS.

Exigimos que os dois candidatos à presidência se comprometam com as seguintes pautas, sem meias palavras:

1 – Criação de uma lei que regule o Casamento Civil Igualitário.#‎SemMeiasPalavras‬
2 – Criminalização da homofobia com penas socioeducativas para agressões verbais e atos discriminatórios, e agravamento de pena para crimes de lesão corporal e homicídio. #SemMeiasPalavras.
3 – Legalização do Aborto: plena independência das mulheres para não parir (no SUS), ou parir onde quiser e como quiser (parto em casa). #SemMeiasPalavras
4 – Distribuição de material educativo para prevenção do HIV, da homofobia e da violência contra a mulher em todas as escolas do Brasil. #SemMeiasPalavras.
5 – Programa Mais Trans: criação de política pública de promoção de qualidade de vida para travestis e transexuais, como aprovação da Lei João Nery. #SemMeiasPalavras.
6 – Libertação imediata dos mamilos femininos: peito de fora não é ato obsceno. #SemMeiasPalavras.
7 – Reforma tributária religiosa: tributação fiscal de toda instituição religiosa. #SemMeiasPalavras.
8 – Plena igualdade e mais facilidade para casais hetero ou homossexuais no processo de adoção, pelo direito das crianças de terem uma família. #SemMeiasPalavras.
Um momento de encontro e expressão de pessoas gays, lésbicas, transexuais, travestis, bissexuais, pansexuais, heterossexuais, feministas, afeminadas, caminhoneiras e todos os desviados que não aceitam mais a Ditadura do Normal.

Estarão presentes e assinam o manifesto:
Pink Bloc e Glitterterrorismo
Ditadura Gay
– Jihad Passiva
– Brigada Sapatão
V de Viadão
Ocupa Lapa
Reage Artista
– Drag Attack
– Bear Nation
Carnavandalirização
– Grupo Barthes PUC-Rio
Centro de Teatro do Oprimido
Eleganza Extravaganza
– Insurgência Babadeira
– PUC-Rio Queers
Planta na Mente
Articulação de Mulheres Brasileiras
– Green Bloc (Marcha da Maconha)
Drag-se
Zine xereca
Diversitas UFF
Conspiração dos Unicórnios Satânicos Pela ditadura Comunista Gay e Feminazi

10417496_788042204595027_3347252220835821428_n

Bobo da corte

Um pouco antes da Copa, fui convidado pelo Ministério de Relações Exteriores da Alemanha para participar de uma conferência sobre “Megaeventos e Democracia”. Fui vestido assim (foto): traje típico alemão e glitter prateado em toda a pele. O porquê dessa roupa eu só expliquei ao fim do workshop – e explico ao fim deste texto também.

10537193_691318580951185_4283431883977308637_o

Comecei a apresentação falando dos Bobos da Corte. Eles eram os únicos que podiam dar más notícias e até zombar de membros da corte sem terem suas cabeças cortadas. Depois, tracei um panorama do Brasil de junho de 2013 até junho de 2014, passando pelas pautas dos protestos, pela repressão promovida pelos governos e pelo empenho da mídia em chamar manifestantes de “vândalos”. Exibi alguns vídeos, os de verdade e os meus (a plateia sempre ria mais dos originais, achei super engraçado).

Faltando 5 minutos para o fim, mostrei um slide com os danos que a empresa alemã Tyssen Krupp causa ao meio-ambiente no estado do Rio de Janeiro. A usina siderúrgica é responsável por uma chuva de prata, altamente tóxica. Não tem licença ambiental, e mesmo assim funciona a todo vapor, com subsídios do governo do Rio. Disse aos participantes e aos membros do Ministério que assim, vestido de alemão prateado, era a forma que eu tinha encontrado de passar essa mensagem de forma mais efetiva, e sem o risco de ter minha cabeça cortada (a Tyssen Krupp patrocinava o evento, rs). Foi super bem recebida a intervenção, preciso dizer…

(ah, sim: no dia seguinte teve um banquete no castelo do Cônsul em Santa Teresa. A Tyssen que ofereceu o buffet – e tava uma delícia)

Aqui tem mais informações: http://paretkcsa.blogspot.com.br/

Rafucko Presidente

capa-facebook-presidente

Lancei minha candidatura à Presidência da República. Confira o site da campanha!

Confira o Programa de Governo

Confira o Manifesto do PBTM – Partido Bom pra Todo Mundo
Há quem diga que o voto em Rafucko é um voto nulo. De fato, as urnas eletrônicas não exibirão meu jovem rosto quando você digitar 01 – elas exibirão uma tela em branco, onde você pode ver o seu reflexo. Logo depois, exibirá a palavra FIM.

Minha primeira proposta de governo é trocar esta palavra, que julgo equivocada. Depois do meu mandato, as urnas exibirão “INÍCIO” ao fim da votação, para que todo eleitor se lembre que a eleição não é um fim em si, mas somente o começo das mudanças que nós todos almejamos.

Ao votar em mim, você vota em você.
Nós para presidentes!

bandeira-pbtm

Bandeira do PBTM – Partido Bom pra Todo Mundo

Palavras Cruzadas – Rafucko, Alice Caymmi e Guga Ferraz

Dias 5, 6 e 7 de setembro, me apresentei ao lado de Alice Caymmi, Guga Ferraz e ~grande elenco~ no Palavras Cruzadas.
Alice está em um ponto de ônibus na Av. Presidente Vargas, quando um protesto passa em sua frente. Ela se perde em uma nuvem de gás lacrimogêneo, onde encontra personagens como o PM (Policial Maluco), o Vândalo, o William Bonner Sexy e um Coxinha. O resto, só vendo. :)

Aqui um vídeo, do encontro e dueto com o jornalista.

10171178_682974635118913_1942228014443287447_n

Alice encontra um Coxinha no protesto (virtual).

 

Só tem bicha nessa cidade

O dia começou assim:

so tem bicha

 

“Só tem bicha nessa cidade” é, definitivamente, o melhor slogan já criado para o Rio de Janeiro. Sugeri a criação de dois novos cartões postais e não tardaram a chegar cartões de outras cidades brasileiras onde só tem bicha. Clique para ver o álbum completo.

sotembicha

Sugestão de novo cartão-postal pro RJ

 

Só tem bicha em Marituba

Só tem bicha em Marituba

B

Em Belém também só tem bicha

Parece que no ES o armário ainda tá cheio.

Parece que no ES o armário ainda tá cheio.

sotembicha2


Veja também:

Como um homofóbico criou a melhor campanha anti-homofobia da internet

Você conhece o Pezão?

O governador do Rio Luiz Fernando Pezão lançou hoje em sua página do Facebook uma enquete sobre qual doce ele mais gosta.
Eu tomei a liberdade de corrigir as alternativas e queria saber quem aqui #ConheceOPezaoDeVerdade?

Qual o doce preferido do Pezão?

Qual o doce preferido do Pezão?

(a palhaçada original tá aqui)

Ditadura Nunca Mais

10375905_657123317704045_7590045714071989729_n

%d blogueiros gostam disto: