Arquivos do Blog

Mostra de Cinema Brasileiro em Salzburg

Neste ano, participo mais uma vez da Mostra de Cinema Brasileiro em Salzburg. Vou exibir a entrevista com Eduardo Viveiros de Castro, seguida de um debate com o escritor Daniel Munduruku (vai ter streaming, acompanhem no Face), e dar um curso de Audiovisual de Guerrilha: o Estúdio de um Homem Só, no cinema Das Kino. Também faço assistência a Eduardo Nunes na Oficina de Relização Audiovisual na Universidade de Salzburg.

A Mostra une cinema, literatura e música ao aprendizado de português – os alunos da Universidade produzem um curta todo ano, que é exibido na abertura do Festival.

Aqui, alguns vídeos dos anos anteriores que participei desta Mostra:

Curta sobre expressões da língua portuguesa:

Curta-metragem baseado nas crônicas futebolísticas de Nelson Rodrigues:

Discurso na Abertura do Festival em 2013:

FB-Kinoprogramm-2014-14

Clique na imagem para ver o Programa completo.

Entrevista com Eduardo Viveiros de Castro

Artigos relacionados:
Festival exibe filmes brasileiros em Salzburg, na Áustria

Anúncios

Interrogatalk-show do Rafucko: Orlando Zaccone

Enquadrei o delegado hare-krishna Orlando Zaccone. Tá pensando o quê, malandro? Viado também fala grosso! – mas não bate muito forte no meu braço que eu sou frágil =^,^=

Bobo da corte

Um pouco antes da Copa, fui convidado pelo Ministério de Relações Exteriores da Alemanha para participar de uma conferência sobre “Megaeventos e Democracia”. Fui vestido assim (foto): traje típico alemão e glitter prateado em toda a pele. O porquê dessa roupa eu só expliquei ao fim do workshop – e explico ao fim deste texto também.

10537193_691318580951185_4283431883977308637_o

Comecei a apresentação falando dos Bobos da Corte. Eles eram os únicos que podiam dar más notícias e até zombar de membros da corte sem terem suas cabeças cortadas. Depois, tracei um panorama do Brasil de junho de 2013 até junho de 2014, passando pelas pautas dos protestos, pela repressão promovida pelos governos e pelo empenho da mídia em chamar manifestantes de “vândalos”. Exibi alguns vídeos, os de verdade e os meus (a plateia sempre ria mais dos originais, achei super engraçado).

Faltando 5 minutos para o fim, mostrei um slide com os danos que a empresa alemã Tyssen Krupp causa ao meio-ambiente no estado do Rio de Janeiro. A usina siderúrgica é responsável por uma chuva de prata, altamente tóxica. Não tem licença ambiental, e mesmo assim funciona a todo vapor, com subsídios do governo do Rio. Disse aos participantes e aos membros do Ministério que assim, vestido de alemão prateado, era a forma que eu tinha encontrado de passar essa mensagem de forma mais efetiva, e sem o risco de ter minha cabeça cortada (a Tyssen Krupp patrocinava o evento, rs). Foi super bem recebida a intervenção, preciso dizer…

(ah, sim: no dia seguinte teve um banquete no castelo do Cônsul em Santa Teresa. A Tyssen que ofereceu o buffet – e tava uma delícia)

Aqui tem mais informações: http://paretkcsa.blogspot.com.br/

Capas do 7×1

Como deveriam ser as capas no dia seguinte à goleada, se a imprensa brasileira ainda prestasse algum papel social.

a gazeta diariodone estadao gazeta do povo meia-hora metro

Baseado nas 50 capas após a derrota de 7×1

Torcida carioca para a Copa de 2014

Depois da recente declaração do prefeito Eduardo Paes ao jornal The Guardian, foi necessário fazer algumas adaptações na torcida dos cariocas para a Copa. Aprenda a nova canção:

Kit Gay do Rafucko

O Kit Gay do Rafucko já está disponívelSaiba mais.

Cabral e os índios, ontem e hoje

Hoje na minha TV rolou uma interferência estático-temporal na hora do noticiário, exatamente enquanto falavam da luta Cabral vs. Índios. Sorte que eu consegui gravar!

Veja também:

Fazendo um Hotel na Reserva

Ciclistas aterrorizam grandes cidades

Os ciclistas querem andar de bicicleta por toda a cidade, com segurança. Nós vamos ficar parados e assistir enquanto eles se jogam em nossos carros pra conseguir o que querem? Sugiro que não!

O que era pra ser uma simples reportagem…

…do jornal O Globo sobre a manifestação contra a comemoração do Golpe de 64, que resultou na ditadura militar, acabou virando polêmica. Venho, por meio deste vídeo, esclarecer qualquer mal-entendido que possa ter sido criado.

%d blogueiros gostam disto: