Arquivos do Blog

Mostra de Cinema Brasileiro em Salzburg

Neste ano, participo mais uma vez da Mostra de Cinema Brasileiro em Salzburg. Vou exibir a entrevista com Eduardo Viveiros de Castro, seguida de um debate com o escritor Daniel Munduruku (vai ter streaming, acompanhem no Face), e dar um curso de Audiovisual de Guerrilha: o Estúdio de um Homem Só, no cinema Das Kino. Também faço assistência a Eduardo Nunes na Oficina de Relização Audiovisual na Universidade de Salzburg.

A Mostra une cinema, literatura e música ao aprendizado de português – os alunos da Universidade produzem um curta todo ano, que é exibido na abertura do Festival.

Aqui, alguns vídeos dos anos anteriores que participei desta Mostra:

Curta sobre expressões da língua portuguesa:

Curta-metragem baseado nas crônicas futebolísticas de Nelson Rodrigues:

Discurso na Abertura do Festival em 2013:

FB-Kinoprogramm-2014-14

Clique na imagem para ver o Programa completo.

Entrevista com Eduardo Viveiros de Castro

Artigos relacionados:
Festival exibe filmes brasileiros em Salzburg, na Áustria

Anúncios

Capas do 7×1

Como deveriam ser as capas no dia seguinte à goleada, se a imprensa brasileira ainda prestasse algum papel social.

a gazeta diariodone estadao gazeta do povo meia-hora metro

Baseado nas 50 capas após a derrota de 7×1

1º UPP – UH UH UH Prêmio de Protestos

Ontem rolou o 1. UPP – UH UH UH Prêmio de Protestos – Edição Rio de Janeiro -, que premiou os melhores e piores das manifestações de 2013.

Às 22h, ao final da assembleia popular na Cinelândia, os convidados começaram a ocupar o Tapete de Concreto da Cinelândia. Vamos conferir quem passou por lá?

A NINJA apostou no pretinho básico e não largou mão do smartphone.

A NINJA apostou no pretinho básico e não largou mão do smartphone.

Delegado Orlando Zaccone e vândala Sininho, que colecionava indicações, também prestigiaram a premiação.

Delegado Orlando Zaccone e vândala Sininho, que colecionava indicações, também prestigiaram a premiação.

Manequim vandalizado da Toulon chegou com traje de gala, mas não falou com os jornalistas.

Manequim vandalizado da Toulon chegou com traje de gala, mas não falou com os jornalistas.

A streamer do coletivo Rio na Rua apostou num vestido longo e inovou com a primeira grua de smartphone vista nas manifestações de rua no RJ.

A streamer do coletivo Rio na Rua apostou num vestido longo e inovou com a primeira grua de smartphone vista nas manifestações de rua no RJ.

Plateia na escadaria do Theatro Municipal, instantes antes do início da apresentação. Lei mais dura poderia levar todos estes vândalos para a cadeia, mas felizmente fomos poupados.

Plateia na escadaria do Theatro Municipal, instantes antes do início da apresentação. Lei mais dura poderia levar todos estes vândalos para a cadeia, mas felizmente fomos poupados.

A Premiação foi realizada no Theatro Municipal, e teve a Cinelândia como palco. Logo de início, o apresentador Rafucko explicou como os premiados foram escolhidos: seguindo o modelo de gestão Cabral-Paes, o voto era aberto ao público, mas o próprio Rafucko decidiria os resultados sozinho. A plateia esteve animadíssima durante toda a cerimônia, torcendo por seus candidatos favoritos. O momento alto da noite foi o número musical do rapper Presidente, que puxou diversos gritos de manifestação.

(Assista aqui à transmissão completa por streaming dos canais Rio na Rua, Mídia NINJA e NINJA3_RJ)

Rapper Presidente empolga a multidão: "Cabral, bandido, cadê o Amarildo?" foi um dos sucesso entoados pelo músico.

Rapper Presidente empolga a multidão: “Cabral, bandido, cadê o Amarildo?” foi um dos sucesso entoados pelo músico.

O ponto alto da noite foi quando o manequim da Toulon subiu ao palco para receber o prêmio Molotov de Ouro por “Maior Ato de Vandalismo”. A quebra do manequim provocou uma reunião de emrgência da cúpula de segurança do Rio de Janeiro, algo que nem mesmo a chacina na favela da Maré foi capaz de mobilizar. O manequim, que é um ser inanimado, ficou em silêncio e provocou a reflexão dos presentes, ao vivo e por streaming.

Na entrega do prêmio de “Melhor Grito”, quem anunciava os indicados era a própria plateia. Os gritos eram acompanhados pelo barulho da porta de um ônibus, entoado por um motorista que encostou o veículo para assistir a premiação.

O prêmio de “Melhor Prisão” foi cancelado no primeiro ano da premiação. O apresentador lembrou que ainda há presos políticos e que a situação é muito séria. A Pedra Portuguesa de Ouro desta categoria foi guardada para ser entregue ao governador Sérgio Cabral, no dia em que ele for pro lugar dele: a cadeia.

893012_246402528851233_1298521945_o

Manequim da Toulon faz discurso de agradecimento. O silêncio do ser inanimado emocionou a plateia presente. (foto: Mídia NINJA)

Segue a lista dos grandes vencedores da concorrida Pedra Portuguesa de Ouro® 2013.

Melhor Ocupação
Ocupa Cabral
Ocupa Câmara Rio
Ocupa Paes
Ocupa Odebrecht

Melhor Grito
“Fora Cabral!”
“Não acabou, tem que acabar, eu quero o fim da Polícia Militar”
“Não vai ter Copa”
“Não me representa”

Maior Ato de Vandalismo (Molotov de Ouro)
Sentar nas escadarias da Câmara
Quebrar os manequins da Toulon
Pichar a ALERJ
Queimar ônibus

Pior Manipulação
“A voz que emergiu das ruas”, Revista VEJA
“Lei mais dura leva 70 vândalos para a cadeia”, Jornal O Globo
“Quem são os Black Blocs?”, Revista Época
Leilane Neubarth, pelo conjunto da obra (Globo News)

Maior Repressão
Papafolia (22/7, Palácio Guanabara)
Dia da Independência (7/9, Av. Presidente Vargas e Palácio Guanabara)
Dia dos Professores/Black Prof (15/10, Cinelândia)
Marcha dos 300 mil (20/6, Av. Presidente Vargas)

Melhor streaming/cobertura
Mídia NINJA
Rio na Rua
MIC – Mídia Independente Coletiva
Coletivo Mariachi

Melhor Protesto Alternativo
Coletivo Projetação
Pink Bloc
Tatu-Bola na abertura da Copa das Confederações
Casamento da Dona Baratinha
Palhaço Paga-Nada

Molotov de Ouro, o prêmio mais aguardado da noite. (foto: Coletivo Carranca)

Molotov de Ouro, o prêmio mais aguardado da noite. (foto: Coletivo Carranca)

No after-party mais concorrido, os manequins da Toulon receberam convidados na Casa Nuvem, no Beco do Rato. Batman Pobre chegou atrasado, porque veio de ônibus, e só chegou para a festa.

O apresentador Rafucko com o manifestante Bruno Teles, também preso com flagrante forjado pela PM, e Batman Pobre.

O apresentador Rafucko com o manifestante Bruno Teles, também preso com flagrante forjado pela PM, e Batman Pobre.

Em breve, os vídeos editados da premiação!

Detetive – Vigas da Perimetral

Quem roubou as vigas da Perimetral? Só você poderá desvendar este mistério, com o jogo não-autorizado “Detetive – Vigas da Perimetral”.

Assista também:
Comercial honesto do Banco Imobiliário – Cidade Olímpica

Ringtones de protesto (baixe aqui)

Quer levar o grito das ruas pra qualquer lugar? Chegaram os ringtones de protesto do Rafucko!

Clique nas imagens abaixo para baixar a coleção de ringtones de protesto!


botao-ringtonedownload via 4shared

botao-ringtone-rio
download via 4shared

Os ringtones de protesto foram gravados por Paula Kossatz.

Assista também:

vandalo_news

Vândalo News – Jornalistas

ESTE VÍDEO SAIU NA MÍDIA!!!

COMPARTILHEM ANTES QUE BOTEM NO AR!!!

Minha leitura da cobertura da mídia nos protestos contra o aumento na passagem e durante a Copa das Confederações 2013.
Uma homenagem aos vândalos do jornalismo, que desmereceram uma luta legítima e apoiaram a repressão criminosa da polícia. Faltaram algumas pessoas no vídeo, mas tenho certeza de que elas se sentirão contempladas. O discurso da mídia impressa também foi levado em conta no roteiro.

Tem alguma coisa bem errada quando o muro de um museu é mais importante que a vida de uma pessoa.

Torcida carioca para a Copa de 2014

Depois da recente declaração do prefeito Eduardo Paes ao jornal The Guardian, foi necessário fazer algumas adaptações na torcida dos cariocas para a Copa. Aprenda a nova canção:

Copa das Remoções

Sábado, 15 de junho, no Quilombo da Gamboa, rola a Copa Popular contra as Remoções, abrindo o calendário de grandes eventos que a cidade vai sediar.

Cabral e os índios, ontem e hoje

Hoje na minha TV rolou uma interferência estático-temporal na hora do noticiário, exatamente enquanto falavam da luta Cabral vs. Índios. Sorte que eu consegui gravar!

Veja também:

Fazendo um Hotel na Reserva

%d blogueiros gostam disto: